Cuidados com a Pele após o Verão

Início » Cuidados com a Pele após o Verão

Passar protetor solar é um dos cuidados com a pele mais necessários

A mudança no tempo com a chegada de uma nova estação é facilmente sentida pela pele. Como em março ocorre a transição do verão para o outono, é fundamental manter os cuidados com a pele para garantir uma aparência mais bonita durante essa nova estação.

Os cuidados com a pele devem respeitar as características de cada indivíduo. Portanto, para saber mais sobre o seu tipo de pele e como cuidar melhor dela é essencial procurar um dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

Por que é importante cuidar da pele após o verão?

A baixa umidade do ar, que é característica do outono, requer um cuidado especial com a pele, garantindo sua hidratação apesar de as temperaturas estarem mais amenas. Além disso, os cuidados com a pele são cruciais para reverter possíveis excessos cometidos no verão.

Durante os meses mais quentes do ano a pele sofre várias agressões, como a exposição à radiação solar de maneira mais intensa, à água do mar, ao cloro, ao vento e ao calor. Por isso, é comum as pessoas notarem um aumento no ressecamento e na desidratação da pele após o verão.

Sendo assim, ao cuidar da pele após a estação mais quente do ano, é possível recuperar seu viço e beleza para os meses seguintes.

Quais são os principais cuidados com a pele depois do verão?

Como foi dito anteriormente, é preciso obter uma avaliação profissional para saber quais são os cuidados específicos para cada tipo de pele. No entanto, é possível elencar quatro práticas que contribuem para a saúde da pele. Confira abaixo quais são elas conforme informações cedidas pelo dermatologista Dr. Daniel Stellin.

1.     Fazer uma limpeza profunda na pele

Mesmo com a utilização de filtros solares mais secos, os poros podem ficar obstruídos. Por isso, fazer uma limpeza de pele é muito importante para a recuperação da região. Além disso, o procedimento também é capaz de remover os resquícios de maquiagem e poluição.

A esfoliação é uma das técnicas mais usadas para cuidar da pele, pois permite a renovação da mesma. É fundamental obter a avaliação de um dermatologista para saber qual tipo de esfoliação é o mais adequado para cada caso e quais produtos devem ser empregados em tal tarefa.

2.     Evitar banhos muito quentes

Quando as temperaturas caem é comum as pessoas tomarem banhos mais quentes para afastar o frio. Contudo, essa atitude pode contribuir para o ressecamento da pele.

Por conta disso, um dos cuidados com a pele após o verão e no começo do outono é tomar banhos mornos, evitando que a barreira protetora da epiderme seja danificada e prejudique a saúde da pele, provocando tipos de dermatites ou eczemas.

3.     Manter a pele hidratada

A hidratação é uma grande aliada da pele ressecada, por isso, deve ser mantida diariamente após o verão. O ideal é aplicar o produto logo após o banho para ajudar a selar e reabastecer a camada superficial da pele, isso pode ser realizado com o uso de cremes, loções ou óleos necessários para uma hidratação completa.

4.     Utilizar o filtro solar regularmente

A aplicação diária do filtro solar é um dos cuidados com a pele que mais surpreendem os pacientes devido à falta de dias ensolarados. Entretanto, os raios solares podem afetar a pele mesmo em dias nublados ou chuvosos e estes são da ordem de 70 a 80 % em relação aos dias ensolarados. Portanto, não se deixe enganar e use filtro!

Para garantir uma fotoproteção corporal mais efetiva é preciso aplicar o filtro solar, ao menos, 30 minutos antes de sair de casa para que a pele absorva o produto.

Os cuidados com a pele depois do verão são mais eficientes quando orientados por um profissional qualificado. Caso queira saber mais sobre o assunto, entre em contato e agende uma consulta com o Dr. Daniel Stellin.

CTA para uma entrevista com o Dr. Daniel Stellin

Fontes:

Clínica de dermatologia Dr. Daniel Stellin;

Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD);

American Society for Dermatology Surgery (ASDS).

Postado por Dr. Daniel Stellin | CRM: 111.635

Dr. Daniel Stellin é um dermatologista graduado pela Faculdade de Medicina do ABC-São Paulo e pós-graduado em Fisiologia Hormonal Aplicada. Detém os títulos de Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, Especialista em Infectologia pelo Hospital do Servidor Público Estadual e Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.