Fale conosco pelo WhatsApp

Longevidade

Imagem meramente ilustrativa (Banco de imagens: Shutterstock)

A longevidade e o envelhecimento saudável são resultantes de fatores como estilo de vida, herança genética e características individuais do paciente

O envelhecimento é um processo natural e gradual que consiste na transformação fisiológica e estrutural contínua apresentada pelo corpo e pela mente das pessoas ao longo dos anos. Por mais que esta seja uma consequência do passar do tempo, a busca pela longevidade é um dos principais objetivos da maioria das pessoas que deseja envelhecer de maneira saudável e com qualidade de vida.

Não há uma idade específica para o envelhecimento, e este é um processo individualizado e diretamente influenciado por fatores como estilo de vida, características genéticas e demais particularidades de cada um. Por isso, a busca pela longevidade é um dos grandes desafios enfrentados pela Medicina e pela Ciência, que estão sempre tentando encontrar formas de garantir um envelhecimento saudável para a população.

Longevidade: entenda o conceito de envelhecimento saudável

O envelhecimento saudável é um processo contínuo de otimização das características funcionais do organismo, aproveitando as oportunidades de manter e melhorar a saúde física e mental do indivíduo. Trata-se de um conceito que vai muito além da longevidade e diz respeito a viver com qualidade, bem-estar e liberdade, aproveitando a vida após os 60 anos de idade.

Desde os anos 90, o segmento da saúde tem observado o desenvolvimento da chamada Medicina do Envelhecimento Saudável, um movimento que tem o objetivo de promover longevidade e saúde. Isso é feito principalmente a partir da prevenção de doenças típicas do envelhecimento e pelo controle de fatores de risco para o desenvolvimento dessas patologias, o que inclui adoção de hábitos saudáveis e realização de exames periódicos.

Principais pilares da longevidade e do envelhecimento saudável

O principal cuidado que deve ser adotado para envelhecer de maneira saudável é viver de maneira saudável. Alguns cuidados são considerados fundamentais para garantir a longevidade e promover um processo de envelhecimento controlado. São eles:

Alimentar-se adequadamente

Adotar uma dieta equilibrada, com ingestão adequada de nutrientes, é uma das principais maneiras de garantir longevidade e qualidade de vida. Isso porque a alimentação influencia diretamente no funcionamento do organismo, garantindo que o corpo receba todos os nutrientes necessários para realizar suas atividades cotidianas.

Também é importante evitar excessos alimentares, de modo a prevenir a obesidade e todos os problemas de saúde relacionados a esta doença. Um acompanhamento nutricional, endocrinológico ou de um profissional de Nutrologia pode auxiliar na adoção de uma dieta adequada e individualizada às necessidades do paciente.

Controlar o estresse

O controle do estresse é fundamental para prevenção de distúrbios psicológicos e de ordem emocional, além de condições clínicas como alterações da pressão arterial e do sistema cardiovascular. Reduzir o estresse cotidiano, portanto, é uma importante diretriz para a promoção da longevidade e garantia  de um envelhecimento mais feliz, com qualidade de vida e satisfação.

Nesse sentido, alguns cuidados essenciais incluem:

  • Aprender a gerenciar o próprio tempo;
  • Dedicar-se a atividades prazerosas;
  • Reconhecer o que causa estresse e encontrar formas de evitar esses fatores;
  • Realizar atividades relaxantes;
  • Caso necessário, procurar acompanhamento psicológico.

Praticar atividades físicas

O exercício físico é um hábito que deve ser cultivado ao longo de toda a vida, permitindo a ativação de diversas atividades fisiológicas e melhorando a saúde cardiorrespiratória, vascular, mental e imunológica. A prática de atividades físicas auxilia diretamente na prevenção de doenças crônicas e melhora consideravelmente a qualidade de vida das pessoas, promovendo longevidade e bem-estar geral.

Os exercícios aumentam também a capacidade de concentração e a autoestima, além de reduzir a perda óssea, ajudar no controle da obesidade e melhorar a saúde cardiovascular. O ideal é que a prática seja sempre acompanhada e orientada por profissionais especializados.

Dormir bem

O sono é uma função regulatória extremamente importante para o organismo, que permite não apenas a recuperação do corpo, mas o fortalecimento do sistema imunológico, secreção de hormônios, consolidação da memória e manejo do estresse. Dormir bem, portanto, permite um envelhecimento saudável e proporciona longevidade ao indivíduo.

Fazer exames de rotina

A realização periódica de exames é uma excelente maneira de acompanhar o estado de saúde de uma pessoa, identificando doenças de maneira precoce e fatores de risco que podem causar prejuízos no futuro. Dessa forma, é possível adotar cuidados preventivos e tratar patologias ainda em sua fase inicial (quando elas geralmente apresentam maior chance de cura e ainda não trouxeram sequelas ao paciente), aumentando assim a longevidade.

Evitar hábitos prejudiciais

O envelhecimento saudável e a longevidade estão diretamente ligados à forma como a pessoa viveu ao longo dos anos, o que inclui principalmente seu estilo de vida. Nesse sentido, é recomendado evitar hábitos considerados prejudiciais à saúde, tais como:

  • Tabagismo;
  • Consumo de alimentos ultraprocessados e ricos em açúcar;
  • Sedentarismo;
  • Abuso de álcool e drogas;
  • Exposição solar exagerada, sem uso de fotoprotetores;
  • Não utilizar métodos de proteção contra infecções sexualmente transmissíveis;
  • Ter uma rotina muito agitada e estressante.

Como a Medicina Integrativa favorece a longevidade?

O envelhecimento não é uma doença, mas é essencial que este processo seja acompanhado de maneira cuidadosa para garantir longevidade e qualidade de vida. A Medicina Integrativa é uma metodologia que pode favorecer bastante a promoção da saúde conforme os anos passam, uma vez que propõe uma abordagem completa a respeito do paciente, enxergando o indivíduo como um todo: físico, mental, emocional, genético e social.

Para a Medicina Integrativa, o estado de saúde de uma pessoa é resultante da combinação de diversos fatores — e todos eles devem ser levados em consideração ao lidar com um problema de saúde, alteração física ou prevenção de doenças típicas do envelhecimento. Uma vez que a longevidade é resultante justamente de todo o contexto que compõe a realidade do paciente, esta proposta de visão integral possibilita um envelhecimento saudável e confortável.

Para garantir a saúde e a longevidade do indivíduo, a Medicina Integrativa reúne conhecimentos de diferentes áreas, oferecendo um atendimento multidisciplinar ao paciente. Nutrologia, Psicologia, Ortopedia, Fisioterapia, Dermatologia, Oncologia, Endocrinologia e diversas outras especialidades atuam em conjunto para promover qualidade de vida e envelhecimento saudável ao indivíduo.

Além disso, a Medicina Integrativa pode utilizar terapias complementares para atender a necessidades específicas do paciente, aprimorando ainda mais sua longevidade. Entre em contato e agende uma consulta com o Dr. Daniel Stellin.

 

Fontes:

Dr. Daniel Stellin

Sociedade Brasileira para Estudo do Envelhecimento

Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia

Agende sua consulta

Clínica com tecnologia e humanização para seu tratamento.

ENTRE EM CONTATO