Fale conosco pelo WhatsApp

Terapia de Reposição Hormonal

Imagem meramente ilustrativa (Banco de imagens: Shutterstock)

Tratamento hormonal promove benefícios como aumento da vitalidade e bem-estar, melhorando a saúde geral do indivíduo

A terapia de reposição hormonal é um tratamento que visa aumentar a qualidade de vida do paciente por meio do uso de medicamentos contendo hormônios que apresentaram declínio em  sua produção. Este tipo de tratamento normalmente é recomendado para aliviar os sintomas que acompanham a menopausa, mas também pode ser muito eficiente para lidar com diversas outras condições e alterações em homens e mulheres.

Na Medicina Integrativa, a premissa básica é a utilização dos chamados hormônios bioidênticos, que apresentam exatamente a mesma estrutura química e molecular dos hormônios produzidos pelo próprio organismo. Dessa forma, a terapia de reposição hormonal consegue suprir as necessidades do paciente, melhorando a sintomatologia dessa deficiência nos pacientes.

Entenda o que são os hormônios e sua função

Produzidos por glândulas do sistema endócrino, os hormônios são substâncias químicas que promovem ações reguladoras para diversas ações corporais, auxiliando no controle e funcionamento adequado do organismo. Cada hormônio tem uma função específica, mas muitos deles trabalham em conjunto para regular o metabolismo, as funções teciduais, entre outras.

A ação hormonal é extremamente importante para o bom desempenho do corpo, cumprindo funções como a regulação do sono, do crescimento e das funções reprodutivas, bem como metabolização de alimentos e até mesmo prevenção de doenças. É natural que a produção de hormônios sofra uma queda progressiva conforme o paciente envelhece, promovendo uma gama de sintomas indesejáveis.

Alguns dos principais sintomas que podem ser observados por pacientes que — seja por consequência do envelhecimento ou por alterações primárias do sistema endócrino, são:

  • Cansaço;
  • Aumento do peso corporal;
  • Redução da memória;
  • Redução da libido;
  • Alterações de humor;
  • Flacidez corporal e aparecimento de rugas;
  • Risco aumentado para doenças típicas do envelhecimento, tais como câncer e Alzheimer.

Quando é indicada a terapia de reposição hormonal?

Este tipo de tratamento é recomendado para pacientes que estão sofrendo com sintomas desagradáveis resultantes da redução de algum hormônio específico ou de alterações no sistema endócrino. O objetivo da terapia de reposição hormonal é fornecer o aporte dessas substâncias que tiveram sua produção reduzida pelo organismo, permitindo que o corpo volte ao seu funcionamento normal.

A realização da terapia de reposição hormonal pode trazer diversos benefícios ao paciente, proporcionando melhora da qualidade de vida e ajudando na prevenção de diversas patologias causadas por alterações hormonais crônicas. Alguns dos principais efeitos que podem ser observados por pacientes que se submetem a este tipo de tratamento são:

  • Aumento da energia, disposição e vitalidade;
  • Emagrecimento;
  • Aprimoramento da memória e cognição;
  • Aumento da libido;
  • Melhor resposta a tratamentos de perda de peso;
  • Aumento da massa muscular;
  • Elevação da capacidade física e respiratória;
  • Melhoria da qualidade de vida e bem-estar geral.

Terapia de reposição hormonal: como é o tratamento?

O primeiro passo da terapia de reposição hormonal é a avaliação personalizada do indivíduo e identificação de suas necessidades a partir da realização de exames específicos. Com base nas informações encontradas, um especialista em Medicina Integrativa poderá traçar a melhor forma de corrigir os níveis hormonais apresentados. A prescrição dos hormônios é sempre realizada com o intuito de atender às particularidades de cada indivíduo.

Fatores como estilo de vida, histórico de saúde, sintomas apresentados, idade e expectativas influenciam diretamente no tratamento e devem ser sempre levados em consideração no momento de realizar o tratamento. É importante lembrar que, por mais que os hormônios tenham um papel fundamental no organismo, sua reposição deve ser feita com cautela e parcimônia afim de evitar efeitos colaterais .

Os benefícios e riscos da terapia de reposição hormonal devem ser estudados cuidadosamente pelo médico, juntamente com o paciente, de modo a decidir se esta é a opção mais adequada para garantir a saúde e o bem-estar do indivíduo. A utilização de hormônios bioidênticos apresenta efeitos colaterais mínimos em comparação aos hormônios sintéticos, reduzindo também as chances de o paciente desenvolver tumores ou sofrer outras alterações de saúde.

Como é feita a reposição de hormônios?

Existem diferentes métodos de terapia de reposição hormonal, sendo que os formatos mais comuns incluem a  aplicação de injeções intramusculares, uso de cremes ou a colocação de implantes subcutâneos, com uma liberação lenta e gradual. Os hormônios utilizados — bem como o plano de tratamento, dosagem e objetivos, são determinados pelo especialista conforme as necessidades identificadas em cada paciente.

Juntamente com a terapia de reposição hormonal podem ser recomendadas mudanças no estilo de vida e hábitos do paciente, o que inclui cuidado com alimentação, prática de atividades físicas e até mesmo suplementação de vitaminas, aminoácidos, minerais e antioxidantes. O tratamento deve ser o mais personalizado possível, de modo a alcançar os melhores resultados.

Do ponto de vista da Medicina Integrativa, que propõe uma visão completa do paciente (independentemente de suas condições de saúde e queixas estéticas), a terapia de reposição hormonal é uma metodologia que possibilita a recuperação do funcionamento adequado do organismo. Dessa forma, é possível garantir um equilíbrio entre as condições físicas, mentais e emocionais do paciente.

As técnicas de Medicina Integrativa visam promover qualidade de vida e bem-estar ao paciente, tratando o indivíduo como um todo. Os tratamentos incluem não apenas a terapia de reposição hormonal, mas diversas outras abordagens identificadas como benéficas para suprir as necessidades e promover a saúde geral. Todos os métodos indicados pelo profissional devem ser sempre baseados na ciência e com comprovação de eficácia.

Entre em contato e agende uma consulta com o Dr. Daniel Stellin!

 

Fontes:

Instituto Oncoguia

CEEN Centro de Estudos

Agende sua consulta

Clínica com tecnologia e humanização para seu tratamento.

ENTRE EM CONTATO