Indo além do diagnóstico e de prover tratamento adequado, a medicina preventiva é uma vertente da área médica que visa melhorar a qualidade e a longevidade do paciente de forma integrada. Essa é uma das vertentes de atendimento do Dr. Daniel Stellin, indo além da dermatologia em seus cuidados.

A modalidade de medicina preventiva proposta pela clínica do Dr. Stellin une a saúde do corpo e da mente, impactando  de forma positiva na vida de seus pacientes como um todo. A proposta humanizada do cuidar visa impedir o surgimento de patologias como a hipertensão, o diabetes e o câncer, por exemplo.

Entretanto, esse conceito moderno e mais natural da medicina visa ainda a identificação de fatores de risco e atuar de forma efetiva para impedir que seja desencadeado quadros crônicos de outras doenças. Confira a proposta de medicina integrativa da clínica do Dr. Daniel Stellin.

Conceito da medicina preventiva

A medicina preventiva ou integrativa pode ser compreendida como a união de iniciativas com o intuito da promoção da saúde de homens e mulheres, atuando de forma assídua na prevenção de doenças e impedindo a evolução de suas complicações.

Outra vertente da medicina integrativa está na melhoria da composição corporal com a diminuição do percentual de gordura no corpo e a melhora da aptidão para prática de atividades físicas. Tudo isso para melhorar a qualidade de vida sexual, do sono e na diminuição do estresse do paciente.

As estratégias da medicina preventiva podem ser divididas em três. São elas:

Prevenção primária: atua de forma a evitar a ocorrência de doenças, sendo comum seus cuidados serem iniciados ainda no período gestacional.

Prevenção secundária: junção de medidas que colaboram no diagnóstico precoce e promove o tratamento ainda nos estágios iniciais da enfermidade, reduzindo assim a morbidade.  

Prevenção terciária: colabora na diminuição dos efeitos negativos de patologias existentes, minimizando complicações e reestabelecendo a qualidade de vida do paciente.

Áreas de atuação da medicina integrativa

Como mencionado, esse conceito médico engloba diversas iniciativas com o intuito de impedir o desenvolvimento de doenças crônicas ou não. Para isso, uma série de ações podem ser tomadas, sendo que na clínica do Dr. Daniel, o acompanhamento segue algumas etapas:
  • Avaliação individual e humanizada;
  • Bioimpedância;
  • Planejamento nutricional;
  • Correção hormonal;
  • Plano de atividades físicas;
  • Implantes hormonais.
O atendimento pode envolver todas as áreas e é justamente na avaliação individual que isso será identificado. Para tornar o entendimento mais fácil, veja como cada uma dessas medidas funcionam dentro da medicina preventiva.

Respeito à medicina e ao paciente

É importante enfatizar que a medicina integrativa ou preventiva não tem como intuito desmerecer o tradicionalismo da medicina. A intenção é que, ao invés de tratar do individuo já doente, como ocorre nos atendimentos ditos como tradicionais, ela passe a evitar o surgimento de determinadas patologias, promovendo assim a melhora na qualidade de vida e a longevidade.

Para o Dr. Daniel Stellin, a medicina preventiva pode ser resumida em alguns princípios, sendo que os principais estão elencados abaixo.

  • Apoio mútuo e fortalecimento do vínculo entre médico e paciente;
  • Uso do que há de mais moderno na ciência para promover saúde;
  • Utilização de novos paradigmas da medicina;
  • Emprego da metodologia menos invasiva e de métodos naturais;
  • Atenção completa e integral ao paciente.

Um dos diferenciais de atendimento proposto pelo Dr. Daniel Stellin é a solicitação antecipada de exames laboratoriais, fazendo com que o primeiro contato do paciente com a medicina integrativa seja a mais positiva possível.

Com os resultados em mãos, após a primeira consulta o paciente sai do consultório instruído e com o protocolo de tratamento indidualizado, baseado em suas características. Isso colabora de forma efetiva na promoção da saúde, princípio básico da medicina preventiva.

Sobre o especialista em medicina preventiva

O empenho do Dr. Stellin vai além dos cuidados com a saúde da pele de seus pacientes. Ele é especialista em Infectologia pelo Hospital do Servidor Público Estadual além de ser pós-graduado em Fisiologia Hormonal Aplicada.

Ele divide sua atenção entre a saúde da pele e de todo o organismo em seu consultório. A maior proposta de seu espaço é cuidar de seu paciente de forma integrada, humanizada e a mais completa e satisfatória possível.

Caso queira ter acesso a outros benefícios da medicina preventiva/integrativa, agende uma consulta e veja como sua qualidade de vida pode melhorar de forma significativa.

Tratamentos

Avaliação Individual

O atendimento individualizado tem como intuito identificar os hábitos dos pacientes. Além da conversa humanizada junto ao médico, exames colaboram na identificação do quadro clínico do paciente com o foco de promover bem-estar, saúde e longevidade.

Bioimpedância

Por meio da bioimpedância, o médico é capaz de analisar de forma periódica a composição corporal do paciente e verificar se as intervenções propostas estão evoluindo conforme o esperado. Isso auxilia na mudança de protocolo de tratamento, visando sempre o melhor resultado ao paciente.

Planejamento Nutricional

A frase “Você é o que você come” se enquadra perfeitamente na proposta da medicina preventiva/integrativa. A análise criteriosa do que é consumido pelo paciente ajuda na definição do protocolo de tratamento e na suplementação, além de colaborar em todo o processo de reeducação alimentar. Tudo para promover bem-estar, saúde, longevidade e qualidade de vida.  

Correção Hormonal

A diminuição ou desregulação hormonal passa a estar presente na vida dos pacientes a partir dos 30 anos. A condição, denominada de “pausas hormonais” são facilmente identificadas na medicina preventiva, possibilitando a correção desse processo.

Plano de Atividades Físicas

Identificar as aptidões físicas é a forma correta de melhorar o desempenho durante a prática de exercícios. O desenvolvimento de um planejamento para as atividades físicas, melhora os resultados e tem impacto direto na composição corporal, bem como na melhora dos exames em geral.

Bem-estar geral

O programa individual de alimentação e atividades físicas visa à produção de hormônios essenciais e ao bem-estar geral, aumentando a qualidade de vida e prevenindo doenças crônicas.

Implantes hormonais

A modulação hormonal é importante para a melhora da qualidade de vida e da longevidade, sendo que os implantes hormonais são as opções mais modernas na atualidade.

O tratamento de reposição hormonal via implantes é simples e todo o processo de colocação é feito em consultório. O implante é inserido no tecido subcutâneo do flanco do paciente por uma cânula. A liberação hormonal ocorre de forma paulatina. Atualmente, o mercado oferta várias opções, sendo os mais comuns: testosterona, hidrocortisona, progesterona, estriol, pregnenolona, NADH e a tadalafila.