5 dicas para melhorar sua qualidade de vida agora

Início » 5 dicas para melhorar sua qualidade de vida agora

qualidade de vida

Segundo o Ministério da Saúde, doenças relacionadas ao estilo de vida e cotidiano são uma das causas para as mortes recorrentes no país. O número coletado supera os dados a respeito das mortes por violência e por acidentes de trânsito, por exemplo. A rotina com tarefas diversas nem sempre permite tempo para práticas que realmente acrescentam em bem-estar e acima de tudo, saúde.

A vida acelerada e estressante precisa de pausas que proporcionem qualidade diária. Para que isso aconteça, é preciso mudar os hábitos e eliminar aqueles que trazem malefícios à saúde e à mente. A medicina preventiva está diretamente ligada a essas mudanças. Estresse, consumo excessivo de álcool e cigarro, irregularidade alimentar e sedentarismo são predominantemente os principais causadores de doenças cardiovasculares e de outros transtornos.

O que tem piorado sua qualidade de vida?

Os hábitos ruins são escolhas. Você pode mudá-los se quiser. As refeições rápidas geralmente são pobres em nutrientes, apesar de apresentarem economia de tempo no preparo. Repense a rapidez que coloca em risco sua saúde. Opte por estratégias que tragam mudanças relevantes e positivas para o seu dia a dia.  pode ajudar na economia do tempo.

Da mesma maneira, redobre a atenção às horas em frente ao computador e aparelhos eletrônicos em geral. O hábito pode tornar-se vicioso e manipulador. Muitas pessoas deixam de aproveitar a companhia de amigos para atenderem a notificações consideradas urgentes. O hábito de manter celulares e similares em mãos enquanto se alimenta, prejudica todo o processo digestivo. Segundo pesquisas internacionais, esse costume acelera a deglutição e interrompe as fases importantes da digestão. Assim, os riscos ao sobrepeso aumentam significativamente. Além disso, a postura encurvada sobre a mesa e prato pode deteriorar a coluna e provocar desconfortos diversos.

O estresse diário causado pelo trânsito, as cobranças, o excesso de trabalho, a falta de tempo e a pressão, acabam sendo diluídos com certa frequência no consumo excessivo de álcool, no cigarro e em comidas saborosas e péssimas para o organismo. E são eles que podem determinar a qualidade de vida e o tempo futuros.

Selecionamos 5 dicas para melhorar sua qualidade de vida agora. Coloque-as em prática imediatamente.

Dicas para melhorar sua qualidade de vida agora

Valorize o sono

Com tantas atribuições a serem feitas, seja de trabalho ou de eventos, o sono é maior prejudicado. Algumas pessoas acreditam ser um desperdício dormir muitas horas, já que são períodos que poderiam ser usufruídos em atividades mais proveitosas ou produtivas.

Na verdade, o sono é uma forma de reorganizar o organismo e preparar o corpo para mais um dia. Uma noite bem dormida é reparadora, mas para isso é preciso manter um ambiente aconchegante e confortável para que o sono possa ser regular e ininterrupto.

Atenção ao uso de álcool. Pode parecer que o corpo relaxa e rende-se ao sono quando se ingere bebidas alcoólicas. Na verdade, o álcool fragmenta o sono. Pela desidratação do corpo, a noite será interrompida diversas vezes para idas ao banheiro. Assim, não será possível dormir bem e o corpo não será revigorado.

Reorganize seu cardápio e sua saúde

O tempo mais curto não é desculpa para se alimentar de forma equivocada. Opte por comer de maneira saudável e com equilíbrio. Não faça dietas sem acompanhamento médico; tais tratamentos por conta própria podem retirar os  os nutrientes necessários para o dia a dia da alimentação. Não exagere em ingestão de cafeína, chocolates ou doces.  Entenda o metabolismo do seu corpo e adapte sua dieta às suas necessidades.

Beba água constantemente. Recomenda-se consumir diariamente entre um a três litros. É muito importante não deixar que a sede indique sua necessidade de ingestão, já que é nesse momento onde o corpo já começa a ficar desidratado. A água mantém todo o organismo saudável e em bom funcionamento.

Não adie os checapes semestrais e anuais. Faça exames de sangue, fezes e urina regularmente. Assim você descobrirá como estão as taxas hormonais e outras indicações de seu corpo.

Mova-se

Se movimentar é extremamente importante para a boa saúde corporal. Por isso, mesmo que o tempo de trabalho exija que você fique sentado por muitas horas, faça pausas para caminhadas ou exercícios de alongamento. Nos períodos anteriores ou posteriores ao trabalho, faça uma atividade física, nem que seja caminhadas de uma hora.

E para potencializar os efeitos benéficos de atividades físicas, procure subir escadas no lugar de elevador, caminhar para pegar um transporte público e quando possível, opte por bicicleta. O importante é procurar um esporte ou exercício diário que estimule o gasto de energia pelo corpo. Não caia no sedentarismo e em seus transtornos.

Mantenha sua mente ativa

Manter a mente ativa não significa cercar-se de atividades e tarefas múltiplas. Inclua em suas atividades diárias a prática de terapias e momentos para reflexão e meditação. A mente precisa de descanso regular assim como nosso corpo.  Inclua também hábitos de leitura. Ler possibilita a facilidade de comunicação e compreensão, além de acrescentar em conhecimento e novidades. Procure atividades que, de forma descontraída, te estimule a usar capacidade de raciocínio como, problemas lúdicos como palavras cruzadas e jogos.

Impulsione suas boas motivações e não ceda à ansiedade

A ansiedade é considerada o mal da última década. Uma das muitas razões para distúrbios relacionados a ela é a insatisfação com a vida, como também as frustrações diversas. Impulsione somente as boas motivações e acredite que todos os erros e momentos difíceis podem ensinar algo novo. Cerque-se de amigos verdadeiros e de conversas saudáveis. Não se subestime frente aos outros e evite comparações. Entenda que toda mudança deve ocorrer de dentro para fora. De nada adiantará buscar alterações externas se sua energia estiver concentrada em pensamentos ruins.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como fisiologista hormonal e dermatologista em São Paulo.

Postado por Dr. Daniel Stellin | CRM: 111.635

Dr. Daniel Stellin é um dermatologista graduado pela Faculdade de Medicina do ABC-São Paulo e pós-graduado em Fisiologia Hormonal Aplicada. Detém os títulos de Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, Especialista em Infectologia pelo Hospital do Servidor Público Estadual e Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.