9 Mitos e verdades sobre a Reposição Hormonal

Início » 9 Mitos e verdades sobre a Reposição Hormonal

reposição hormonal

A menopausa pode chegar tranquilamente para algumas mulheres. Já para outras, os sintomas são bastante incômodos e desgastantes. Seja como for, trata-se de uma fase de grandes mudanças que culminam na piora da qualidade de vida e do bem-estar. Nesse cenário, ao final de uma avaliação, os médicos podem indicar o tratamento de reposição hormonal para que a mulher atravesse essa fase de forma mais branda.

Vale ressaltar que nem todas as mulheres precisam passar pelo tratamento e ele não é obrigatório assim que os primeiros sintomas da menopausa aparecem. O momento correto deve ser cuidadosamente decidido na interação da paciente e na confiança em seu médico.

Conheça, na lista abaixo, alguns dos principais mitos e verdades sobre a reposição hormonal:

1 – A reposição ajuda a prevenir a osteoporose

VERDADE!

A reposição do estrogênio ajuda a combater a perda de massa óssea, situação comum durante a menopausa. Sendo assim, de fato ajuda a prevenir a osteoporose.

2 – Toda mulher pode fazer o tratamento

VERDADE

É preciso passar por uma cuidadosa avaliação médica para garantir que a reposição de hormônios é realmente recomendada. A forma transdérmica através de géis ou implantes subcutâneos permitem uma reposição segura e eficaz, minimizando os efeitos adversos.

3 – A reposição deixa a pele mais bonita

VERDADE!

Devido aos hormônios ingeridos, a pele fica mais jovem e hidratada, há uma melhora na sua tensão e consequente redução da flacidez.

4 – As doses de hormônio utilizadas são elevadas

MITO.

A dose dos hormônios femininos geralmente é baixa, assemelhando-se aos níveis de produção do próprio organismo. Preferencialmente utilizado por via transdérmica

5 – A reposição hormonal provoca o aumento de peso

MITO.

A maioria das mulheres teme o ganho de peso ao fazer a reposição de hormonal, porém com o ajuste dos hormônios existe um ganho de disposição, além da melhora na composição corporal, favorecendo o ganho de músculo e a perda de gordura, além da melhora da libido.

6 – Existem alternativas naturais para o tratamento

VERDADE!

Vitaminas e alguns fitoterápicos podem ser fundamentais ao organismo no auxílio da produção dos hormônios femininos.

7 – O tratamento dura o resto da vida

MITO.

É preciso fazer a reposição de hormônios apenas quando os sintomas da menopausa aparecem. Normalmente, é preciso fazer uso dos remédios apenas por alguns anos após a chegada da menopausa. De toda forma , é o médico  quem irá determinar o tempo ideal de tratamento.

8 – Há aumento da libido

VERDADE!

Estudos comprovam que algumas mulheres sentem sua libido aumentar após o início do tratamento, bem como o seu drive sexual.

9 – O tratamento por via oral é o mais indicado

MITO.

Como o medicamento é metabolizado pelo fígado, há tendências de que o tratamento cause outros problemas, principalmente em casos de mulheres que sofrem de diabetes e histórico de câncer de mama. O mais indicado é o feito via transdérmica ou implantes.

Agora você já sabe quais são alguns dos principais mitos e verdades da reposição hormonal. Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como dermatologista em São Paulo! 

Postado por Dr. Daniel Stellin | CRM: 111.635

Dr. Daniel Stellin é um dermatologista graduado pela Faculdade de Medicina do ABC-São Paulo e pós-graduado em Fisiologia Hormonal Aplicada. Detém os títulos de Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, Especialista em Infectologia pelo Hospital do Servidor Público Estadual e Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.