Vitamina D: Para que serve?

Início » Vitamina D: Para que serve?

Mulher absorve vitamina D dos raios do sol na praia

Apesar do nome, a vitamina D consiste em uma forma de hormônio que é produzido pelo corpo a partir da exposição aos raios ultravioleta. Ou seja, é uma substância que é desenvolvida quando nos expomos à luz solar. Porém, existe a possibilidade de se absorvê-la por meio de suplementos como o leite e complexos vitamínicos, mas sem alcançar o nível indicado como ideal.

Essa vitamina possui papel fundamental na manutenção das funções vitais do corpo, agindo em mais de 85 atividades do organismo e ativando milhares genes de diversos sistemas. O colesterol é importantíssimo nesse processo, pois é a partir dele que o hormônio é produzido durante a exposição ao sol.

Atualmente, já foi constatado que a vitamina D tem grande influência no sistema imunológico. É ela que organiza os processos que regulam a saúde do corpo, por meio da interação de células variadas. Isso também é primordial no tratamento de doenças autoimunes, como a artrite reumatoide e a esclerose múltipla.

Além disso, a deficiência de vitamina no organismo pode contribuir para o aparecimento de diversos tipos de câncer e de doenças crônicas, incluindo a síndrome metabólica que pode resultar em diabetes tipo 2. Entre as gestantes, o caso é ainda mais grave, pois pode levar a aborto espontâneo nos primeiros meses de gestação, risco de pré-eclâmpsia e aumento da possibilidade do bebê ter autismo.

Como a vitamina D age

  • Controlando as contrações do coração, auxiliando no processo de bombeamento do sangue para todas as partes do corpo. Quem sofre de deficiência da vitamina possui maior propensão de ter infarto, derrame e insuficiência cardíaca.
  • melhora da hipertensão arterial através da inibição da renina ( reabsorve sódio e água nos túbulos renais )
  • Evitando a diabetes, pois a vitamina tem importante participação no processo de produção de insulina no pâncreas.
  • Deixando os ossos mais fortes, pois tem função primordial na absorção do cálcio pelo organismo, favorecendo todo o esqueleto, incluindo os dentes. A falta dos nutrientes pode levar ao desenvolvimento de osteoporose.
  • Aumentando a resistência física ao gerar mais energia e reduzindo os níveis de estresse nos músculos. Além disso, participa da constituição da força muscular dos membros, eliminando a fadiga e melhorando a circulação sanguínea.
  • Prevenindo a obesidade dando sensação de saciedade e acelerando o metabolismo, levando o organismo a gastar mais energia e, consequentemente, queimar gordura.Também eleva o metabolismo do adipócito, prevenindo o aumento da gordura após redução prévia da massa gorda nos  pacientes em dieta 
  • Combatendo a depressão ao reduzir os sintomas da doença por meio da estimulação da queima de energia pelo corpo e redução dos níveis de estresse.

Onde encontrar a vitamina D?

A principal fonte de vitamina D é o próprio organismo, pois por meio dos raios solares que será possível chegar aos níveis indicados do hormônio. Por isso, recomenda-se que se exponha ao sol pelo menos uma vez ao dia, durante o período de 10 minutos ( não precisa ser na hora do almoço e nem atingir todo o corpo ).

Caso seja necessária uma complementação, uma opção são os alimentos de origem animal, como o ovo, o atum, o fígado de boi, a sardinha e a ostra. Porém, mesmo as maiores fontes de vitamina só conseguem suprir 6% do que é recomendado por dia. Ou então, a utilização de complexos vitamínicos.

Porém, vale ressaltar que apenas após exames clínicos que é possível diagnosticar, de fato, a carência da vitamina no indivíduo.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como fisiologista hormonal e dermatologista em São Paulo.

Postado por Dr. Daniel Stellin | CRM: 111.635

Dr. Daniel Stellin é um dermatologista graduado pela Faculdade de Medicina do ABC-São Paulo e pós-graduado em Fisiologia Hormonal Aplicada. Detém os títulos de Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, Especialista em Infectologia pelo Hospital do Servidor Público Estadual e Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.