6 hábitos para desintoxicar a mente

Início » 6 hábitos para desintoxicar a mente

desintoxicar a mente

Para desintoxicar a mente, é preciso fugir de alguns padrões e de coisas que nos habituamos a aceitar ou a normalizar.

Neste artigo, falaremos sobre 6 práticas que, se feitas com frequência, ajudam a reorganizar os pensamentos, aliviar o estresse e tranquilizar o coração. Se esse assunto lhe interessa, acompanhe, a seguir.

O que fazer para desintoxicar a mente?

1# Confira menos as redes sociais

Um estudo da Universidade da Pensilvânia constatou que as pessoas que utilizam as redes sociais com muita frequência estão mais propensas a sentimentos de solidão e a desenvolver depressão.

Isso acontece porque a vida apresentada nas redes é sedutora. Sabemos, no entanto, que as imagens e os vídeos postados passam por uma seleção. Ninguém postará momentos desagradáveis em um espaço público, certo?

Certo. E mais que isso: quem vive da reputação virtual quer e precisa que as pessoas acreditem que ela está no melhor momento possível.

Essa análise da vida de outrem nos faz olhar para a nossa própria realidade com pessimismo e insatisfação. Uma boa maneira de aliviar a mente, portanto, é abrir mão de acompanhar o falso glamour do dia a dia de terceiros.

2# Vigie a sua alimentação

Existem alimentos que privilegiam o bem-estar, espantam o estresse e fazem com que o indivíduo se sinta mais apto a encarar a rotina.

O leite e os seus derivados, por exemplo, possuem triptofano, matéria-prima da serotonina — também conhecida como o hormônio da felicidade. Vale dizer que, quando há ausência de serotonina no corpo de uma pessoa, ela se torna apática e deprimida.

Vitaminas, sucos naturais, chás diversos e vegetais são necessários para levar a vida com mais saúde e disposição.

3# Privilegie o seu sono

As pessoas romantizam a ausência de sono, mas isso está errado. Quando não se dorme corretamente, o corpo envelhece mais rapidamente, a memória fica prejudicada, o foco desaparece e o estresse toma conta.

Trabalhar bastante pode ser positivo, especialmente quando falamos sobre trabalhar com o que se ama. Não se deve esquecer, no entanto, que o organismo necessita de pelo menos 8 horas diárias de sono para se recuperar e agir corretamente.

4# Trabalhe a aceitação e o perdão

Quando a cabeça está comprometida com o que aconteceu no passado, não é incomum que tenhamos receio de embarcar em novas profissões, viagens, relacionamentos.

Ao compreender que as experiências passadas foram necessárias para novas concepções de mundo, aceitar as frustrações e reaprender a lidar com a vida, a mente se desintoxica. E recomeça.

5# Leia mais

De acordo com um artigo publicado no site oficial da Galileu, o hábito de ler é extremamente benéfico.

Quem tem o costume de ler tem menos risco de desenvolver mal de alzheimer, tem maior expectativa de vida, é mais criativo e, de quebra, ainda tem níveis de estresse mais baixos que os da maioria das pessoas.

6# Faça exercícios regularmente  (e troque o táxi pela caminhada quando for possível)

A atividade física estimula a produção de endorfinas, que promovem tranquilidade e bem-estar. Para além disso, os exercícios diminuem a ansiedade e dissolvem pensamentos invasivos. Mais um hábito que ajuda a desintoxicar a mente.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como fisiologista hormonal e dermatologista em São Paulo.

Postado por Dr. Daniel Stellin | CRM: 111.635

Dr. Daniel Stellin é um dermatologista graduado pela Faculdade de Medicina do ABC-São Paulo e pós-graduado em Fisiologia Hormonal Aplicada. Detém os títulos de Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, Especialista em Infectologia pelo Hospital do Servidor Público Estadual e Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.