AGENDAR PRIMEIRA CONSULTA
Fale conosco pelo WhatsApp

Tratamento para flacidez no rosto

Imagem ilustrativa
Imagem meramente ilustrativa (Banco de imagens: Shutterstock)

Liftera, Futera e bioestimuladores de colágeno estão entre os principais tratamentos que podem ajudar a combater a flacidez facial

A flacidez cutânea é uma consequência natural do processo de envelhecimento, sendo diretamente influenciada pela diminuição da produção de colágeno pelo organismo. Esta é uma alteração que pode prejudicar seriamente a autoestima do indivíduo, especialmente quando afeta uma região como a face.

A boa notícia para quem se preocupa com este sinal de envelhecimento cutâneo é que existem diversas opções de tratamentos para flacidez no rosto, permitindo melhorar a aparência geral da pele e promover a autoestima do paciente. Saiba mais sobre o assunto a seguir.

Agende uma avaliação da sua pele!

O que é flacidez facial?

A flacidez facial é um dos principais sinais de envelhecimento da pele, manifestando-se mais intensamente a partir dos 30 anos de idade. Esta alteração está diretamente relacionada à diminuição da produção de colágeno e elastina, duas substâncias presentes no organismo humano e que são responsáveis por manter a firmeza e a estrutura da pele.

Embora esta seja uma consequência do processo natural de envelhecimento da pele, a flacidez facial pode causar um grande incômodo estético ao paciente.

Principais sinais da flacidez no rosto

A flacidez facial é resultante de diversas alterações que ocorrem na estrutura do rosto, como na pele, gordura e músculos. Isso faz com que as camadas cutâneas passem a apresentar um aspecto mais amolecido e sem volume, com a presença de rugas e linhas de expressão.

Além disso, a pele do indivíduo pode apresentar uma aparência mais ressecada e sem sustentação. Em casos mais avançados, a flacidez pode atingir também a região do pescoço, favorecendo ainda mais a aparência envelhecida e cansada do indivíduo.

O que causa a flacidez facial?

Embora a flacidez facial esteja diretamente associada ao envelhecimento do corpo, o passar dos anos não é o único fator que leva à perda da sustentação cutânea. Características genéticas, funções fisiológicas e fatores relacionados ao estilo de vida podem contribuir diretamente para o aumento da flacidez.

Entre os principais fatores que podem contribuir para o aumento da flacidez facial, estão:

  • Má alimentação;
  • Alta ingestão de bebidas alcoólicas;
  • Sedentarismo;
  • Tabagismo;
  • Exposição excessiva ao sol, sem proteção adequada;
  • Falta de uma rotina de cuidados com a limpeza e hidratação do rosto;
  • Condições que gerem um emagrecimento severo e abrupto;
  • Uso excessivo de produtos químicos no rosto, sem orientação de um dermatologista.

Agende uma consulta e saiba mais sobre os tratamento para flacidez no rosto!

Agende uma consulta

Quais são os melhores tratamentos para flacidez no rosto?

Existem diversas possibilidades eficazes de tratamento para flacidez no rosto. Conheça as principais a seguir:

Liftera

O Liftera é uma tecnologia de ultrassom microfocado que promove um efeito lifting sem cortes, sendo indicado para reduzir a flacidez, suavizar rugas e melhorar o contorno facial. Este tratamento para flacidez facial promove um efeito de lifting facial sem cortes, podendo ser totalmente personalizado para as necessidades do paciente.

Futera

Este aparelho de radiofrequência atua na cama superior da pele, estimulando a produção de colágeno e elastina pelo organismo e ajudando a combater a flacidez e as rugas mais superficiais.

Bioestimuladores de colágeno

Este tratamento para flacidez facial consiste na aplicação de substâncias injetáveis que desencadeiam uma resposta inflamatória controlada, na qual as células responsáveis pela produção de colágeno são ativadas. Isso faz com que as fibras de colágeno se reestruturem, tornando a pele mais firme e densa.

Como evitar a flacidez facial?

A adoção de alguns cuidados básicos pode ajudar a prevenir e combater a flacidez facial. Os principais são:

  • Usar protetor solar diariamente, mesmo em dias nublados;
  • Não fumar;
  • Consumir bebidas alcoólicas com moderação;
  • Hidratar o corpo adequadamente;
  • Investir em uma dieta equilibrada e rica em alimentos antioxidantes e vitaminas;
  • Fazer um acompanhamento regular com um médico dermatologista, que poderá recomendar cuidados personalizados e indicar qual tratamento para flacidez facial é mais indicado para o quadro apresentado.

Entre em contato e agende uma consulta para descobrir qual o tratamento para flacidez facial mais adequado para você!

Fontes:

Liftera;

Sociedade Brasileira de Dermatologia;

Dr. Daniel Stellin.

Entre em contato

Clínica com tecnologia e humanização para seu tratamento.

AGENDAR PRIMEIRA CONSULTA

Instagram Dr. Daniel StellinClique aquiYoutube Dr. Daniel StellinClique aqui x