Qual é o melhor tipo de exercício para emagrecer?

Início » Qual é o melhor tipo de exercício para emagrecer?

exercício físico emagrecer

Emagrecer é o desejo de grande parte dos brasileiros e isso pode ser comprovado ao analisarmos as metas que as pessoas traçam no início de cada ano, quando percebemos o crescimento da procura por dietas de diferentes tipos que têm como objetivo a rápida perda de peso e, sem dúvidas, quando se visita uma academia e encontra dezenas de pessoas correndo, pulando, levantando peso e suando.

Por toda a parte tem alguém querendo eliminar os quilos a mais e ficar com o corpo esteticamente bonito. Mas, qual é o melhor tipo de exercício quando o objetivo é emagrecer?

Antes de responder a essa pergunta, é preciso explicar a diferença entre perder peso e emagrecer. Apesar de muita gente achar que é a mesma coisa, essas duas situações são completamente diferentes.

O emagrecimento se dá com a “queima” de gordura corporal. Já a perda de peso ocorre quando se elimina, além da gordura, massa magra e água.

Então, para emagrecer, deve-se optar por exercícios que estimulem a perda de gordura. Mas, o que interfere no resultado é a intensidade da atividade.

Segundo estudos, o percentual de emagrecimento possui grande variação entre quem treina constantemente em baixa intensidade e quem pratica menos treinos, mas em intensidade elevada.

Exercícios de intensidade baixa a moderada promovem a queima de calorias no momento da sua realização. Eles realizam apenas a eliminação de gordura por meio da queima de ácidos graxos.

Já os treinos de alta intensidade queimam gordura durante o exercício e, também, em um período após a sua realização, que chega até a 48 horas. Além disso, os adeptos dessa modalidade ainda sentem melhoras significativas em seu condicionamento físico e em suas funções cardiopulmonares com significativo aumento da resistência.

Exercícios que promovem o emagrecimento

Spinning

As aulas de ciclismo indoor já são bem conhecidas de quem busca uma atividade com grande gasto energético. Em virtude do seu ritmo acelerado e dinâmico, uma hora da modalidade queima, em média, 600 calorias e proporciona ao praticante o ganho de resistência muscular e o desenvolvimento da coordenação motora e da capacidade cardiorrespiratória.

Natação

Por ser uma atividade de ritmo intenso e contínuo, uma hora de natação pode gerar a queima de 400 a 700 calorias. Tem o benefício extra de ser uma modalidade de baixo impacto, não causando danos às articulações e ainda tonifica e fortalece a musculatura.

Circuito funcional

As atividades variadas e ritmo intenso fazem dessa modalidade uma das que mais gastam energia. Uma hora de aula elimina de 800 a 1000 calorias, isso graças ao trabalho coordenado dos músculos do corpo junto com bolas, halteres, barras, trampolins, entre outros. O praticante ainda percebe melhorias em sua flexibilidade, postura e força.

Corrida

É o exercício mais democrático de todos, não sendo necessário estar em uma academia para praticá-lo, porém precisa de acompanhamento médico e a utilização de vestimentas adequadas para a realização. Uma hora de corrida gera o gasto médio de 600 calorias e fortalece os ossos.

Pular corda

O que era brincadeira na infância se tornou um grande aliado no processo de emagrecimento. Pular uma hora de corda, de maneira contínua e ritmada faz com que até 800 calorias sejam queimadas. O exercício trabalha e tonifica os músculos de várias partes do corpo e melhora a coordenação motora.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como fisiologista hormonal e dermatologista em São Paulo.

Postado por Dr. Daniel Stellin | CRM: 111.635

Dr. Daniel Stellin é um dermatologista graduado pela Faculdade de Medicina do ABC-São Paulo e pós-graduado em Fisiologia Hormonal Aplicada. Detém os títulos de Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, Especialista em Infectologia pelo Hospital do Servidor Público Estadual e Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.