Emagrecimento saudável: 5 coisas que você não deve deixar de lado

Início » Emagrecimento saudável: 5 coisas que você não deve deixar de lado

Emagrecimento saudável

Quer um processo de emagrecimento saudável e ter resultados duradouros? Mantenha distância das “fórmulas mágicas”, medicamentos emagrecedores, sem prescrição médica e qualquer outra receita que prometa resultados “milagrosos”. Para emagrecer com saúde, você precisa mudar o estilo de vida e realizar a reeducação alimentar.

Vejas 5 coisas importantes para um emagrecimento saudável

1. Conscientização corporal: mais do que enfrentar a balança e o espelho, é importante entender em que condições o corpo se encontra. Olhar para o próprio corpo com atenção e visualizar os efeitos do sobrepeso, pode ser algo um pouco difícil, porém necessário. No consultório, realizamos o exame de bioimpedância, que mede, através de uma leve corrente elétrica, as quantidades de água, gordura e massa magra no organismo. Com os resultados deste exame, conseguimos identificar a porcentagem do organismo que é gordura e a porcentagem que é massa magra. Encarar a gordura como um problema sério, é o primeiro passo para que o emagrecimento seja saudável. Muito mais do que a estética, o corpo sofre por dentro. E é com isso que devemos nos preocupar.

2. Check-up geral da saúde: Ainda como parte do processo de conscientização corporal, é extremamente importante fazer um check-up da saúde. Os exames laboratoriais, por exemplo, mostram taxas de glicemia, colesterol, triglicérides, entre outros indicadores importantes para avaliar o funcionamento de órgãos vitais como coração, fígado e rins,com esses e outros exames pode-se prever o risco de doenças crônicas como diabetes, infartos ,derrames e até mesmo alguns tumores Não existe fórmula mágica para o emagrecimento saudável. O processo exige determinação, paciência e acompanhamento médico. “Dietas milagrosas” e medicamentos sem prescrição médica podem causar impactos extremamente negativos a saúde.

3. Reeducação alimentar: a mudança de hábitos alimentares não acontece da noite para o dia. Por isso, falamos sobre a conscientização corporal e a necessidade do check-up médico, com estímulos à reeducação alimentar. É preciso adaptar o paladar aos alimentos que ainda não são maioria no cardápio atual como as frutas, hortaliças, legumes, carnes magras, grãos integrais, além de muita água,não existe emagrecimento sem reduzir os níveis de insulina no organismo e sem dúvida as práticas alimentares são a principal maneira de se obter isso. Emagrecer é apenas consequência de um organismo balanceado e saudável. Por exemplo, você sabia que hábitos alimentares saudáveis regulam a microbiota intestinal,elevando as bactérias benéficas ao organismo,isso determina  a eficiência do seu metabolismo, do seu sistema imunológico, o seu estado emocional,qualidade do sono entre outros fatores.

4. Beba muito líquido: não existe vida saudável sem ingestão de água. A água ajuda os rins a limparem o organismo, hidrata a pele, ajuda no equilíbrio do funcionamento intestinal e muitas outras coisas. Não se engane com produtos industrializados, mesmo sendo light ou diet,além de serem adoçados com açucar ou adoçantes promovem inúmeros malefícios ao organismo.

5. Prática de exercícios físicos: apenas 30 minutos diários de atividades físicas, 5 vezes por semana, já são um ótimo começo para manter um corpo ativo e saudável. Os exercícios físicos ajudam a fortalecer a musculatura, melhorar a circulação sanguínea, a capacidade respiratória e o bem-estar geral. Com determinação é possível vencer o sedentarismo. A prática diária de exercícios físicos é um ótimo acelerador do emagrecimento,pela elevação do metabolismo basal do indivíduo

Você não precisa fazer uma dieta espartana para fazer as pazes com o espelho e a balança. Um emagrecimento saudável, gradativamente, proporciona resultados mais duradouros e saudáveis.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais sobre o meu trabalho como médico especialista em fisiologia hormonal em São Paulo.

Postado por Dr. Daniel Stellin | CRM: 111.635

Dr. Daniel Stellin é um dermatologista graduado pela Faculdade de Medicina do ABC-São Paulo e pós-graduado em Fisiologia Hormonal Aplicada. Detém os títulos de Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, Especialista em Infectologia pelo Hospital do Servidor Público Estadual e Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.