Qual o preço da harmonização facial?

Início » Qual o preço da harmonização facial?

Homem entregando dinheiro para cirurgião plástico

O preço da harmonização facial depende de diversos fatores, que vão desde a complexidade das correções até o tipo de material utilizado no procedimento estético

Quem está interessado em realizar um procedimento dermatológico certamente se depara com muitas dúvidas, que vão desde a escolha do profissional até o processo de recuperação. Outro assunto que certamente é questionado diz respeito ao preço da harmonização facial.

É importante saber que todos os aspectos que envolvem o procedimento influenciam diretamente no preço da harmonização facial, já que o valor atribuído a este tratamento não está relacionado apenas à sua técnica, mas também aos detalhes que muitas vezes podem passar despercebidos pelo paciente.

Nesse sentido, é importante conhecer os principais aspectos deste procedimento dermatológico e quais são os fatores que influenciam em sua precificação — detalhes que são também fundamentais no momento de escolha de um profissional.

Saiba a seguir como é feita o preço da harmonização facial.

Avaliação

A primeira consulta é de extrema importância. É neste momento que o paciente expõe suas queixas e incômodos, que serão analisados atenciosamente pelo profissional responsável pela harmonização facial.

A partir desta avaliação, o profissional poderá informar ao paciente quais são as possibilidades que o procedimento pode oferecer, e quais as correções necessárias.

A partir da complexidade das correções necessárias, é possível ter uma estimativa do preço da harmonização facial, já que o procedimento — assim como os insumos que serão necessários para as correções — influenciam o valor do tratamento.

Procedimento

Para compreender melhor sobre a administração de insumos, do que especificamente se trata este procedimento, primeiramente devemos compreender como a harmonização facial é realizada.

A harmonização facial consiste em um tratamento de rejuvenescimento e embelezamento da face. Por meio deste procedimento, é possível combinar técnicas avançadas para a melhoria de proporções e simetrias faciais.

Dentre as técnicas que podem ser administradas durante o tratamento estão:

  • Aplicação de toxina botulínica: popular e comumente usada para tratamentos estéticos — sobretudo na harmonização facial —, esta substância minimiza o surgimento dos pés de galinha e impede que as expressões faciais resultem em rugas dinâmicas, sendo geralmente associada ao uso de ácido hialurônico;
  • Preenchedores: dentre as opções disponíveis, o ácido hialurônico é o mais usados nesta técnica. Por meio do preenchimento facial, é possível projetar as maçãs do rosto, dar mais volume aos lábios, melhorar o aspecto das olheiras e preencher os sulcos mais proeminentes;
  • Bioestimuladores de colágeno: colaboram para a restauração do colágeno, que é responsável pela sustentação da pele;
  • Fios de sustentação: promovem o efeito de lifting graças à inserção de fios, geralmente de poliodioxanona (PDO), ou de outros materiais) em diferentes níveis da pele do paciente.

As técnicas que serão usadas no paciente dependem unicamente das individualidades apresentadas. Portanto, o preço da harmonização facial pode variar quando comparado ao procedimento de outros pacientes, já que a harmonização irá de acordo com as necessidades e queixas de cada um.

Portanto, devem ser levados em consideração os materiais que serão utilizados e a administração de, por exemplo, anestésicos tópicos — importantes para diminuir quaisquer incômodos durante a execução do tratamento — ou qualquer outro insumo que o profissional julgue ser necessário.

Preço da harmonização facial

Este é um procedimento dermatológico que oferece um excelente custo-benefício ao paciente, restaurando sua autoestima de maneira rápida. Apesar disso, no momento de investir neste tratamento, o indivíduo deve ter em mente as particularidades que resultam no preço da harmonização facial.

Assim como qualquer outro procedimento estético, a qualidade dos materiais utilizados e a experiência do dermatologista são aspectos fundamentais para que o paciente possa ter resultados satisfatórios.

Procurar um bom dermatologista — com excelência e experiência na técnica — deve ser o principal foco do paciente, em que o preço da harmonização facial irá de acordo com a segurança do paciente, execução e qualidade do procedimento. Entre em contato com o Dr. Daniel Stellin para saber mais e agende uma consulta para avaliar seu caso.

Fontes:

Clínica de Dermatologia – Dr. Daniel Stellin;

Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Postado por Dr. Daniel Stellin | CRM: 111.635

Dr. Daniel Stellin é um dermatologista graduado pela Faculdade de Medicina do ABC-São Paulo e pós-graduado em Fisiologia Hormonal Aplicada. Detém os títulos de Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, Especialista em Infectologia pelo Hospital do Servidor Público Estadual e Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.