Longevidade saudável e dermatologia: saiba mais

Início » Longevidade saudável e dermatologia: saiba mais

longevidade saudável

Nossa pele precisa de cuidado tanto quanto o resto do nosso corpo. Conforme envelhecemos, é importante buscar alternativas para nossos hábitos, e devemos nos prevenir de todos os males possíveis. A melhor forma de garantir uma longevidade saudável para nossa pele, para que ela acompanhe todos os outros órgãos, é visitando periodicamente um dermatologista.

Muitas pessoas já têm o costume (ótimo, por sinal) de fazer check-ups regulares, para ter certeza de que está tudo bem e nos conformes. Entretanto, muitas ainda descuidam bastante da própria saúde quando o assunto é a pele. Talvez elas até imaginem estar fazendo o suficiente, mas a verdade, na maioria das vezes, é que a pele não está sendo hidratada nem protegida o bastante. Em muitos casos,  há ainda o agravante do uso constante de maquiagens e outros produtos sem a adequada limpeza posterior.

O grande problema é que os danos sofridos pela pele (e pelo organismo como um todo) raramente se refletem na aparência de imediato: a pessoa sentirá os efeitos cumulativos com o avanço da idade.

É importante destacar que  não se trata apenas de uma questão estética (ainda que ela seja importante, já que afeta a autoestima e o bem-estar). Ser precavido com o maior órgão do corpo pode ser a diferença para evitar e/ou tratar de doenças de pele, alergias e até mesmo cânceres, como o melanoma.

O que fazer para garantir uma longevidade saudável?

Diversos hábitos são nocivos para a saúde em muitos níveis. A pele também é diretamente afetada por uma má alimentação e pela falta de exercícios, por exemplo. Incorporar o cardápio sem deixar de lado frutas, verduras e legumes, além de focar mais em carnes magras e fugir das gorduras e frituras, aumenta significativamente a conservação da pele. Já os exercícios ajudam na circulação sanguínea, o que, por sua vez, faz com que os nutrientes cheguem com facilidade às células do corpo todo.

Outra dica é evitar banhos muito quentes, porque eles eliminam a proteção natural da pele e a impedem de reter os líquidos necessários. Procure também sempre usar protetor solar, não abusar de esfoliantes e, se há a utilização de maquiagem, ter certeza de sempre lavar os pincéis e nunca dormir ainda com a maquiagem no rosto. Limpe e hidrate a pele de acordo com as indicações do dermatologista, já que ele saberá indicar quais são os melhores produtos para você e qual a frequência recomendada. Por exemplo, peles oleosas não podem ser esfoliadas tantas vezes, e peles secas geralmente se dão melhor com loções de limpeza.

Além de tudo isso, a ida ao dermatologista é essencial como atitude preventiva. Um especialista é o único que poderá avaliar como andam seus cuidados e checar para ver se há algo fora do normal. Manchas, sinais e até mesmo algumas pintas podem ser indicativos de algum problema, e o melhor é descobrir o mais cedo possível para ter uma longevidade saudável. Apostar nas orientações da Medicina Preventiva também é altamente aconselhável.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como dermatologista em São Paulo!

Postado por Dr. Daniel Stellin | CRM: 111.635

Dr. Daniel Stellin é um dermatologista graduado pela Faculdade de Medicina do ABC-São Paulo e pós-graduado em Fisiologia Hormonal Aplicada. Detém os títulos de Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, Especialista em Infectologia pelo Hospital do Servidor Público Estadual e Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.