Longevidade: O que é? Como alcançar?

Início » Longevidade: O que é? Como alcançar?

longevidade

Ter uma vida longa. Quem não quer? Em termos simples, a longevidade humana poderia ser definida basicamente como a duração da existência de uma pessoa, entretanto, não é apenas isso. Longevidade não se limita somente ao tempo vivido, mas se estende à qualidade com que se vive. As pessoas não desejam apenas viver muitos anos. Além de viver mais, elas querem viver melhor, com saúde, disposição e felicidade. Isso é longevidade saudável!

Nas últimas décadas, a expectativa de vida tem aumentado significativamente em várias partes do mundo. Isso se deve aos avanços tecnológicos e científicos, melhoria das condições de vida e progresso contínuo da medicina, que proporcionam à população uma existência cada vez mais longa e permitem que as pessoas realmente envelheçam bem.

Agora que você já sabe o que é longevidade, veja a seguir algumas dicas para alcançar uma vida longeva e feliz.

Pratique exercícios físicos regularmente

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, o sedentarismo está entre as principais causas de mortes evitáveis do mundo, pois tem relação direta com doenças sérias como a hipertensão, obesidade e problemas cardiorrespiratórios. Por outro lado, a prática de exercícios regulares pode aumentar a longevidade, já que previne doenças, melhora a composição corporal, evita lesões, aumenta a força muscular, combate a fadiga e libera hormônios ligados ao prazer e bem-estar.

Alimente-se bem

Sabia que longevidade tem tudo a ver com o que você coloca no prato? Isso mesmo. A alimentação tem papel determinante na saúde e qualidade de vida. Sendo assim, é indispensável comer de forma equilibrada, apostar no consumo de frutas, legumes e verduras, além de ingerir quantidades adequadas de carboidratos, gorduras e proteínas. Por falar em proteínas, a ingestão proteica contribui efetivamente na reparação de microlesões, transporte de nutrientes, construção e regeneração muscular.

Evite hábitos prejudiciais

Estudos recentes indicam que 30% da longevidade é atribuída à genética. Os outros 70% dependem do estilo de vida saudável. Para viver mais e melhor, preservando as capacidades físicas e mentais, é fundamental evitar hábitos prejudiciais, como beber, fumar e dormir pouco.

Tenha momentos de prazer

O trabalho é importante, mas não é o único aspecto da vida que merece atenção. Reserve tempo para descansar e viver momentos prazerosos, seja sozinho ou ao lado de quem você ama. Aproveite as folgas, finais de semana e feriados para relaxar, passear, se divertir, aprender coisas novas, conversar, se dedicar a hobbies e, enfim, desfrutar do que a vida tem de melhor. Isso faz bem para o corpo e para a mente, pois alivia as tensões, além de prevenir problemas como o estresse e a depressão.

Equilibre seus hormônios

Os hormônios participam de atividades importantes no organismo e têm grande influência na conquista da longevidade. Manter o sistema endócrino em equilíbrio ajuda a pessoa a envelhecer bem e pode proporcionar respostas fisiológicas positivas, como a melhora da aparência, aumento da libido, otimização da cognição, regulação do sono e proteção contra doenças como osteoporose, diabetes, Alzheimer e Parkinson.

Quer saber mais sobre longevidade? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como fisiologista hormonal e dermatologista em São Paulo.

Postado por Dr. Daniel Stellin | CRM: 111.635

Dr. Daniel Stellin é um dermatologista graduado pela Faculdade de Medicina do ABC-São Paulo e pós-graduado em Fisiologia Hormonal Aplicada. Detém os títulos de Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, Especialista em Infectologia pelo Hospital do Servidor Público Estadual e Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.