Saiba tudo sobre o Preenchimento Facial

Início » Saiba tudo sobre o Preenchimento Facial

Aplicação de ácido hialurônico para realização de preenchimento facial

As técnicas de rejuvenescimento facial estão entre as mais procuradas na atualidade, de modo que a toxina botulínica e o preenchimento facial estão entre os tratamentos mais realizados nos consultórios dermatológicos. Minimamente invasivos, ambos conferem um ar jovial ao paciente, melhorando a simetria da face e costumam ser feitos de maneira combinada, para obtenção do melhor resultado.

Entretanto, antes de fazer o preenchimento facial o paciente deve passar por uma avaliação clínica para identificar a real necessidade do protocolo de tratamento. Como mencionado, a intenção é que o tratamento resulte em um aspecto natural, e isso só ocorre com técnicas adequadas e expertise no assunto.

O preenchimento facial é comumente feito por dermatologistas e cirurgiões plásticos. Devido ao profundo conhecimento das estruturas faciais, esses profissionais conseguem um resultado mais simétrico, além de menores riscos de reações adversas no paciente.

Para melhor entendimento da técnica que se tornou queridinha na atualidade, o dermatologista e fisiologista Dr. Daniel Stellin explicou todas as particularidades do preenchimento no rosto. Confira a seguir.

O que faz o preenchimento facial?

A proposta do preenchimento facial é restaurar a firmeza, ou seja, preencher regiões da face que foram afetadas pelo surgimento de rugas, linhas de expressão, e que apresentam flacidez e perda muscular e/ou óssea.

Ao aplicar os preenchedores, os locais restauram o volume perdido com o tempo e conferem rejuvenescimento sem a necessidade de uma intervenção cirúrgica.

Outro benefício associado a técnica de preenchimento facial está no cuidado que os produtos preenchedores promovem de dentro para fora. Seja o ácido hialurônico, hidroxiapatita de cálcio ou o ácido poliláctico — principalmente os dois últimos —, estimulam a produção de colágeno,  (responsável pela sustentação natural da pele) de forma a melhorar o aspecto da pele de dentro para fora.

Enquanto os preenchedores não forem totalmente absorvidos pelo organismo, eles continuam a oferecer esse cuidado de dentro para fora.

A quem é indicado?

A técnica é comumente indicada a pacientes que apresentam os primeiros sinais do envelhecimento cutâneo. Os locais que podem vir a receber o preenchimento facial são:

  • Têmporas;
  • Maçãs do rosto;
  • Na região malar;
  • Bigode chinês;
  • Olheiras;
  • Na mandíbula.

A definição da região que necessita da intervenção é feita após exame clínico e sempre é levado em consideração o tratamento que deixará o resultado mais natural possível.

Atualmente, o preenchimento facial é usado ainda em técnica denominada harmonização facial. Neste caso, a indicação é em pacientes que apresentam pequenas assimetrias e querem ter um rosto mais belo, ou seja, sem defeitos. Em resumo, procure por um dermatologista, relate todas as queixas e veja as orientações do profissional quanto ao preenchimento facial.

Tipos de preenchedores facial

Uma das peculiaridades acerca do preenchimento facial é em relação ao produto utilizado no tratamento. O mais comum é o preenchimento com ácido hialurônico, entretanto, outros insumos podem ser utilizados. Entenda cada um deles:

  • Ácido hialurônico: O componente é produzido pelo organismo, ou seja, é um componente presente na derme. O preenchimento com ácido hialurônico se utiliza da substância sintética, mas não incide em riscos de reação, uma vez que é igual ao produzido de forma natural.
  • Ácido poliláctico: Esse ácido tem como principal função o desenvolvimento de novas fibras de colágeno. Passados seis meses, seus efeitos se mostram mais efetivos, ao cuidar da pele de dentro para fora, como mencionado.
  • Hidroxiapatita de cálcio: Essa substância provoca uma irritação tecidual controlada, fazendo com que o organismo produza colágeno novo, para melhores resultados recomenda-se duas a três sessões, com intervalo de um mês entre elas.

Como é feito o preenchimento na face?

Com o auxílio de cânulas, o dermatologista fará a aplicação do preenchimento. Os locais são previamente marcados pelo profissional e o preenchedor é aplicado na derme e espalhado com o auxílio dos dedos. Pede-se para o paciente esperar algumas horas antes de se deitar e que evite, ao máximo, colocar a mão.

Durabilidade do tratamento de preenchimento facial

O tempo para o organismo absorver o preenchimento facial varia de doze a dezoito meses, levando-se em consideração o tipo de produto utilizado, idade do paciente, área de aplicação e fatores externos como sol e tabagismo, por exemplo. Caso tenha interesse no tratamento, agende uma consulta com o Dr. Stellin.

Fontes:

Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD);

Dr. Daniel Stellin.

Postado por Dr. Daniel Stellin | CRM: 111.635

Dr. Daniel Stellin é um dermatologista graduado pela Faculdade de Medicina do ABC-São Paulo e pós-graduado em Fisiologia Hormonal Aplicada. Detém os títulos de Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, Especialista em Infectologia pelo Hospital do Servidor Público Estadual e Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.